terça-feira, 3 de janeiro de 2012

HABLA COMIGO, TEGGY:

Se é subsídio de ferroviário, é imoral,
se é deslocalização  de capital, é legal.

8 comentários:

henedina disse...

:)

mdsol disse...

:))

Gustavo disse...

Se o subsídio ao ferroviário é com o meu dinheiro, eu tenho a ver com isso; se a deslocalização é com dinheiro dos outros, não tenho nada a ver com isso...

FNV disse...

O meu osso é o da moral a la carte.
Muisto subsídios são legais, mas são chamados de imorais.
A deslocalização também pode ser legal e amoral?
Pois é, mais valia deixar a moral de fora.

henedina disse...

A deslocalização é legal mas incorreta. E se agora os Portugueses deixassem de comprar no Pingo Doce? Deslocalizavam-se.

Fernando Martins disse...

Por acaso já me tinha ocorrido esta dos dois pesos e duas medidas por parte daqueles que nós sabemos quem são. Ainda bem que o FNV pôs a coisa em letra de forma.

Anónimo disse...

primeiro. a deslocalização não é deslocalização. é um artifício jurídico. pois a missão da empresa continua a ser realizada no mesmo local. os lucros é que passam a ser canalizados para outro local.

neste sentido, a deslocalização referida também tem a ver com o "nosso dinheiro", nomeadamente pela parte em que deixa de fazer parte do nosso dinheiro, por via de um expediente artificioso.

quanto ao moral e ao legal, é óbvio o padrão duplo usado pela senhora deputada.

Gustavo disse...

Há vida para lá do deficit? Claro que há... é esta.